Universidade do Minho - Escola de Ciências

Introdução

A Escola de Ciências da Universidade do Minho foi criada em 1975, sendo uma Escola de referência no ensino e investigação nas diferentes áreas das Ciências Exactas e Naturais. Integra cinco Departamentos (Biologia, Ciências da Terra, Física, Matemática e Aplicações e Química) e conta com um corpo docente constituído por 191 membros, dos quais 184 são doutorados, dando resposta a uma estratégia de formação de recursos humanos altamente qualificados.

A sua população estudantil é de cerca de 1200 alunos, distribuídos pelas doze licenciaturas ministradas, e ainda cerca de 436 estudantes de Mestrado e Doutoramento.

A Escola é também responsável pelo ensino de disciplinas de ciências básicas noutras licenciaturas da Universidade do Minho, envolvendo cerca de 930 alunos.

A Escola de Ciências está implantada nos dois campi universitários. No campus de Gualtar, em Braga, localizam-se a administração central, assim como os Departamentos de Biologia, Ciências da Terra, Física, Matemática e Aplicações, Química e as correspondentes áreas de investigação, organizadas em Centros de Investigação.

No campus de Azurém, em Guimarães, localizam-se também instalações dos Departamentos de Matemática e Aplicações, Química e Física, e as respectivas áreas de ensino e investigação.

Os Departamentos da Escola de Ciências dispõem de infra-estruturas laboratoriais de qualidade, bem equipadas, que garantem um bom nível de formação dos estudantes e condições para o desenvolvimento da investigação.

Através dos seus Departamentos e Centros de Investigação, a Escola promove ainda diversas actividades de extensão universitária, nomeadamente acções de formação, apoio técnico, prestação de serviços especializados e acções de divulgação da ciência e tecnologia.

Estrutura Organizativa

A Escola de Ciências é uma unidade orgânica de ensino e investigação da Universidade do Minho, que goza de autonomia científica, pedagógica, cultural e administrativa.

Em termos de estrutura organizativa, a Escola é constituída pelos seguintes órgãos:

Órgãos de Governo:

  • Conselho de Escola
  • Presidente
  • Conselho Científico
  • Conselho Pedagógico
  • Conselho de Gestão

Órgão de Consulta:

Conselho Consultivo

Aos órgãos de governo compete dirigir a Escola na sua actividade científica, pedagógica e de interacção com a sociedade, bem como assegurar o planeamento e a gestão administrativa e financeira da Escola

Compete ao conselho consultivo pronunciar-se sobre matérias de carácter pedagógico, científico ou de interacção com a sociedade que lhe sejam colocadas pelos órgãos de governo da Escola

A Escola estrutura-se em subunidades orgânicas, que correspondem aos departamentos e centros de investigação:

Departamentos:

  • Departamento de Biologia
  • Departamento de Ciências da Terra
  • Departamento de Física
  • Departamento de Matemática e Aplicações
  • Departamento de Química

Centros de Investigação:

  • Centro de Biologia Molecular e Ambiental
  • Centro de Ciências da Terra
  • Centro de Física
  • Centro de Investigação Geológica, Ordenamento e Valorização de Recursos
  • Centro de Matemática
  • Centro de Química

Os departamentos são subunidades orgânicas permanentes de criação e transmissão do conhecimento no domínio de uma disciplina, de um grupo de disciplinas ou de grupos afins de disciplinas, constituindo, como tal, a célula base de organização científico-pedagógica e de gestão de recursos num domínio consolidado do saber.

Os departamentos congregam recursos humanos e materiais associados ao ensino graduado e pós-graduado, de apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico e à divulgação da cultura, nos domínios que lhes são próprios, partilhando os recursos com os centros de investigação associados e com outras subunidades orgânicas com quem estabelecem projectos conjuntos.

A actividade científica e de desenvolvimento tecnológico, no âmbito da Escola, é realizada em centros de investigação.

Os centros promovem e desenvolvem projectos de investigação, reunindo actividades de natureza científica ou científico-tecnológica, que visam objectivos bem definidos, de duração limitada e de execução programada no tempo.

This school offers programs in:
  • Portuguese (Portugal)

Veja Mestrado em Ciências (MSc) » Ver programas de mestrado »

Programas

Esta escola também oferece:

Mestrado

Mestrado em Geociências

campus Tempo integral 2 anos October 2016 Portugal Braga

O Mestrado em Geociências tem como objectivo principal proporcionar uma formação avançada especializada, tanto em áreas clássicas, como em áreas emergentes das geociências e, assim, criar profissionais com capacidade para intervir em diversos sectores do mercado de trabalho ligado às geociências. [+]

Grau Académico: MSc (Bolonha: Grau de 2º Ciclo) ECTS: 120 Duração: 2 anos curriculares Regime: Normal Local: Campus de Gualtar, Braga Área Científica principal: Geologia O Mestrado em Geociências foi acreditado em 2013, por 6 anos, pela Agência Nacional de Acreditação (A3ES) que reconheceu que este mestrado tem um “Corpo docente qualificado e em regime de dedicação plena, exclusivamente constituído por doutores com experiência pedagógica significativa”. O Mestrado em Geociências tem como objectivo principal proporcionar uma formação avançada especializada, tanto em áreas clássicas, como em áreas emergentes das geociências e, assim, criar profissionais com capacidade para intervir em diversos sectores do mercado de trabalho ligado às geociências. O curso de Geociências segue as diretrizes da Declaração de Bolonha e organiza-se em quatro semestres. O curso possui forte componente de campo e laboratorial. O plano curricular integra um tronco comum com 5 unidades curriculares (UCs): Recursos Informáticos e SIG Aplicados às Geociências; Evolução do Relevo e da Paisagem; Técnicas de Investigação em Geociências; Caracterização e Avaliação de Impacto Ambiental e Cartografia. Para cada um dos 3 ramos de especialidade existem UCs específicas. Ramo Dinâmica Externa e Mudanças Globais: Ambientes Deposicionais; Ordenamento e Recuperação de Sistemas Fluviais e Costeiros; Morfodinâmica; Riscos Naturais; Mudanças Globais e Uso da Terra. Ramo Património Geológico e Geoconservação: Inventariação e Caracterização de Património Geológico; Gestão e Valorização de Património Geológico; Áreas Protegidas e Ordenamento do Território; Roteiros Geológicos; Geoturismo e Geoparques. Ramo Valorização de Recursos Geológicos: Prospecção Geológica; Depósitos Minerais Metálicos; Gestão de Águas Subterrâneas; Equilíbrio e Evolução de Resíduos Mineiros; Rochas e Minerais Industriais. Carreiras Os Mestres em Geociências podem desenvolver a sua atividade profissional integrados em: - Empresas de prospecção e exploração de recursos geológicos - Agências e institutos de ordenamento do território - Agências e institutos de conservação da natureza - Empresas de geotecnia - Laboratórios de investigação - Gabinetes de consultadoria em ambiente Os pós-graduados poderão ainda continuar os estudos para doutoramento (C3) [-]

Mestrado em Matemática e Computação

campus Tempo integral 2 anos October 2016 Portugal Braga

O Mestrado em Matemática e Computação é um curso de 2º ciclo em Matemática, com ênfase nas soluções computacionais de problemas matemáticos e na aplicação dessas soluções nas ciências e tecnologias, incluindo as Ciências da Computação. [+]

Grau Académico: MSc (Bolonha: Grau de 2º Ciclo) ECTS: 120 Duração: 2 anos curriculares Regime: Normal Local: Campus de Gualtar, Braga Área Científica principal: Matemática O Mestrado em Matemática e Computação é um curso de 2º ciclo em Matemática, com ênfase nas soluções computacionais de problemas matemáticos e na aplicação dessas soluções nas ciências e tecnologias, incluindo as Ciências da Computação. O curso privilegia as áreas de Ciências da Computação, Matemática Discreta Computacional e Matemática Numérica, as quais têm um papel central nas mais diversas tecnologias modernas. As aplicações incluem, entre muitas outras, o processamento de imagem, os sistemas de design e de produção apoiados por computador (CAD/CAM), as tecnologias de segurança e de fiabilidade de comunicação e a verificação formal de software. Este 2º ciclo proporciona ainda a utilização de ferramentas computacionais avançadas, tais como sistemas computacionais simbólicos e livrarias de cálculo científico, bem como a formação necessária para a análise e implementação de raiz de algoritmos. O curso resulta de uma colaboração entre os Departamentos de Matemática e Informática da UM. Carreiras: Consultoria, indústria do software, departamentos de tecnologias da informação e comunicação de quaisquer indústrias ou serviços, departamentos de investigação e desenvolvimento nas áreas tecnológicas referidas [-]

Mestrado em Ciências (MSc)

Mestrado em Ciências e Tecnologias do Ambiente

campus Tempo integral 2 anos October 2016 Portugal Braga

O Mestrado tem duas áreas de especialização: Energia e Monitorização e Remediação Ambiental. O ramo “Energia” está vocacionado para as energias renováveis e para a utilização sustentável da energia. [+]

Grau Académico: MSc (Bolonha: Grau de 2º Ciclo) ECTS: 180 Duração: 2 anos curriculares Regime: Normal Local: Campus de Gualtar, Braga Área Científica principal: Ciências do Ambiente O Mestrado tem duas áreas de especialização: Energia e Monitorização e Remediação Ambiental. O ramo “Energia” está vocacionado para as energias renováveis e para a utilização sustentável da energia. O ramo “Monitorização e Remediação Ambiental” confere formação nas áreas da monitorização e remediação de geossistemas ou dos processos de monitorização e remediação químico-biológicos. Para cada uma das áreas de especialização apontam-se as seguintes competências específicas: ENERGIA Compreender tecnologias de energia renovável; Compreender os desafios do desenvolvimento sustentável, com foco sobre os sistemas energéticos. MONITORIZAÇÃO E REMEDIAÇÃO AMBIENTAL Compreender os desafios à gestão do território, em termos de recursos e de riscos geológicos; Usar o conhecimento geológico em monitorização ambiental; Participar na concepção de estratégias de recuperação de áreas degradadas; Propor processos conducentes a produtos de menor impacte; Desenvolver programas de remediação e valorização ambiental; Participar na elaboração de normativos legais e assegurar a sua observância. Carreiras O objetivo é formar profissionais preparados para integrar equipas multidisciplinares e efectuarem investigação internacionalmente competitiva nas áreas das energias renováveis, monitorização ambiental e tecnologias de remediação. Assim, contemplam-se duas perspectivas de carreira: - Integração no mercado de trabalho - Consultoria e serviços ambientais - Actividades de produção - Sector da energia - Investigação – progressão para C3 [-]

Mestrado em Matemática

campus Tempo integral 2 anos October 2016 Portugal Braga

O objetivo principal do curso é formar matemáticos com uma sólida preparação científica nas áreas de investigação desenvolvidas no Departamento de Matemática e Aplicações (DMA) da Universidade do Minho (UM). [+]

Grau Académico: MSc (Bolonha: Grau de 2º Ciclo) ECTS: 120 Duração: 2 anos curriculares Regime: Normal Local: Campus de Gualtar, Braga Área Científica principal: Matemática O objetivo principal do curso é formar matemáticos com uma sólida preparação científica nas áreas de investigação desenvolvidas no Departamento de Matemática e Aplicações (DMA) da Universidade do Minho (UM). Tratando-se de um curso de formação avançada de Matemática fundamental, um objetivo natural é motivar os alunos para uma carreira de investigação, de acordo com o gosto e os interesses de cada um. A flexibilidade da estrutura curricular do curso contempla a possibilidade de uma formação especializada numa das três áreas principais propostas e permite a escolha dos temas que melhor complementam a área de especialização escolhida.Um segundo objetivo é o de proporcionar uma formação complementar em Matemática, quer a licenciados noutras áreas científicas que incluem a Matemática na sua formação geral, quer a outros interessados que possuam um segundo ciclo e pretendam valorizar a sua formação superior estudando temas de Matemática com relevo para a sua vida profissional. Carreiras: O objetivo principal do curso é preparar os alunos para um PhD em matemática ou noutras ciências fundamentais, e portanto direciona-los para uma carreira académica. Mestres em Matemática podem também integrar equipas multidisciplinares que trabalham em diferentes áreas onde a matemática aplicada é relevante, como, por exemplo, medicina, biologia, meteorologia, engenharia, economia e finanças. [-]

MSc Programa em Física

campus Tempo integral 2 anos October 2016 Portugal Braga

O MSc Programa em Física tem como objectivo proporcionar uma formação, complementar à adquirida num 1º ciclo em Física, Engenharia Física ou afins. Pretende-se formar pessoas para o exercício de actividades de investigação, fundamental ou aplicada, de actividades de ensino superior ou ainda para o desempenho de actividades, em indústrias ou serviços, com um elevado nível de realização, inovação e responsabilidade. [+]

Grau Académico: MSc (Bolonha: Grau de 2º Ciclo) ECTS: 120 Duração: 2 anos curriculares Regime: Normal Local: Campus de Gualtar, Braga Área Científica principal: Física O MSc Programa em Física tem como objectivo proporcionar uma formação, complementar à adquirida num 1º ciclo em Física, Engenharia Física ou afins. Pretende-se formar pessoas para o exercício de actividades de investigação, fundamental ou aplicada, de actividades de ensino superior ou ainda para o desempenho de actividades, em indústrias ou serviços, com um elevado nível de realização, inovação e responsabilidade. Pressupõe-se que uma grande parte dos formandos deste C2 continue a sua formação em Física ou áreas afins num dos cursos C3, em particular, no âmbito do C3 MAP-Fis. Pretende-se por isso ter a possibilidade de definir percursos educativos que melhor optimizem a articulação deste C2 com o C3 do MAP-Fis. O Mestrado funcionará assim em íntima articulação com o Programa Doutoral das Universidades do Minho, Aveiro e Porto. Carreiras O objetivo é fornecer formação preparando os profissionais para serem capazes de integrar equipas multidisciplinares e efectuarem investigação internacionalmente competitiva na área da Física, tanto aplicada como fundamental. Por outro lado, este tipo de formação é adequada para formar pessoas com nível elevado para serem inseridas nos quadros de empresas de alta tecnologia, em actividades de desenvolvimento de produtos e de serviços. [-]

Contact
Local de visita
Campus de Gualtar
4710-057 Braga

PT