Mestrado em Produção Agrícola em Regiões Semi-Áridas

Geral

Descrição do programa

A pós-graduação dessa carreira terá uma formação teórico-metodológica e prática, com capacidade de atuar como agente de mudança, para contribuir com o desenvolvimento de estratégias alternativas que melhorem os sistemas de produção com critérios ambientais.

O "Mestrado em Produção Agrícola em Regiões Semi-Áridas" permitirá aos seus graduados:

  • Aprofundar o conhecimento da operação de sistemas de produção em ambientes semi-áridos.
  • Desenvolver capacidades para realizar estudos científicos sob os princípios e fundamentos da sustentabilidade, que contribuem para ampliar o conhecimento da produção agrícola nesses cenários.
  • Fornecer ferramentas para desenvolver capacidades relacionadas ao planejamento, monitoramento e gerenciamento desses sistemas de produção.

objetivos

O objetivo do mestrado é que os profissionais adquiram a capacidade de abordar o problema das regiões semi-áridas, com uma abordagem interdisciplinar, a partir de uma visão crítica e criativa que lhes permita desenvolver pesquisas científicas e desenvolver estratégias adequadas para alcançar produções sustentáveis.

Objetivos específicos

  • Aprofundar o conhecimento dos princípios e processos que determinam o funcionamento dos sistemas de produção em ambientes semi-áridos.
  • Desenvolver capacidades para identificar os problemas emergentes destes sistemas, levantar aspectos metodológicos relevantes para a sua abordagem e desenhar estratégias para a sua resolução.
  • Treinar no uso de conhecimentos e ferramentas para aplicar tecnologias no campo da produção agrícola.
  • Compreender e adquirir princípios e fundamentos para tomar decisões estratégicas e operacionais no setor agrícola em geral e em regiões semi-áridas em particular.
  • Fortalecer as habilidades de comunicação oral e escrita, tanto do conhecimento gerado quanto daqueles adquiridos para serem projetados para a comunidade em suas diferentes áreas.

destinatários

O mestrado é destinado a graduados universitários com uma licenciatura em Ciências Agrárias e Biológicas, com carreiras com duração de quatro anos ou mais (Disp DNGU 01/10). Os graduados devem credenciar um diploma emitido por universidades nacionais ou privadas, credenciados pelo Ministério da Educação da Nação ou instituições credenciadas no exterior. A admissão de candidatos com qualquer outro grau será analisada pela Comissão de Pós-Graduação.113795_photo-1535048637252-3a8c40fa2172.jpgJoão Marcelo Marques / Unsplash

Perfil e campo de ação do graduado

O "Mestrado em Produção Agrícola em Regiões Semiáridas" da Faculdade de Agronomia da UNLPam permitirá aos graduados de carreiras relacionadas às Ciências Agrárias e Biológicas aprofundar seus conhecimentos sobre o funcionamento dos sistemas de produção em ambientes semi-áridos. Entre os principais objetivos está contribuir para a formação de profissionais capacitados para o desenvolvimento de estudos científicos, sob os princípios e fundamentos da sustentabilidade, que contribuam para ampliar o conhecimento da produção agrícola nesses novos cenários. Além disso, pretende-se fornecer ferramentas para desenvolver capacidades relacionadas ao planejamento, monitoramento e gerenciamento desses sistemas de produção.

Para isso, o currículo inclui uma série de disciplinas obrigatórias (Bioestatística, Desenho Experimental e Análise de Variância, Análise de Regressão, Epistemologia, Gestão Ambiental da Produção Agrícola e Escrita Científica), que fornecerão ferramentas básicas e metodológicas. para resolver e resolver situações problemáticas emergentes nestes sistemas.

Por outro lado, os cursos eletivos permitirão aprofundar em um campo de conhecimento disciplinar e interdisciplinar, através da contribuição de conhecimentos teóricos e práticos atualizados.

Além disso, os estudantes de pós-graduação devem desenvolver atividades complementares, como seminários e atividades que incentivem a discussão e o trabalho em equipe.

As competências a serem alcançadas pelos alunos no âmbito do desenvolvimento do actual programa de mestrado são:

  • Identifique e defina problemas produtivos e socialmente relevantes.
  • Propor, desenvolver e gerenciar projetos de pesquisa para solucionar problemas regionais.
  • Analisar e projetar alternativas tecnológicas para sistemas de produção, particularmente em ambientes semi-áridos, que contemplem aspectos socioeconômicos e ambientais.
  • Desenvolver conhecimentos básicos relacionados ao assunto.

Modalidade do Amaldiçoado

O mestrado está no modo face a face. Em geral, os cursos são ditados intensivos.

O Plano de Estudos é semiestruturado, com disciplinas obrigatórias e de caráter eletivo que serão articuladas com o tema da tese. Além disso, inclui atividades complementares que incentivam a discussão e o trabalho em equipe.

Os cursos obrigatórios são: Bioestatística, Desenho Experimental e Análise de Variância, Análise de Regressão, Epistemologia, Gestão Ambiental da Produção Agrícola, Redação Científica e Oficina de Tese.

Duração do Mestrado: 30 meses.

Pré-inscrição

Requisitos para pré-inscrição de candidatos para o Mestrado

  1. Preencha um formulário de pré-inscrição ou envie uma nota solicitando o registro, dirigida ao Diretor da Escola de Pós-Graduação, Dr. Carlos María Ferri.
  2. Uma (1) licença de tipo de foto, 3x4, fundo azul-celeste, 3/4 perfil direito.
  3. Fotocópia legalizada * da DNI (1ª e 2ª folha) e último endereço registrado.
  4. Fotocópia legalizada * do Bacharelado (caso não corresponda às áreas dos Cursos Agronômicos ou Recursos Naturais, devem nivelar seus conhecimentos) e Diploma do programa de graduação.
  5. Curriculum Vitae atualizado como um depoimento.
  6. Certificação probatória de conhecimento adequado de espanhol, no caso de pessoas que não falam espanhol.

* O pedido de registro pode ser apresentado em qualquer época do ano. Todas as fotocópias devem ser legalizadas perante um Notário Público, Justiça da Paz, Polícia Federal ou Provincial de todas as jurisdições nacionais.

Última actualização Mar. 2020

Sobre a instituição de ensino

La Universidad Nacional de La Pampa, con sede principal en la ciudad de Santa Rosa, provincia de La Pampa, es una entidad de derecho público, autónoma y autárquica, que tiene como fines interpretar la ... Leia mais

La Universidad Nacional de La Pampa, con sede principal en la ciudad de Santa Rosa, provincia de La Pampa, es una entidad de derecho público, autónoma y autárquica, que tiene como fines interpretar las necesidades de la sociedad y dinamizar el cambio en la misma, como asimismo la promoción, la difusión y la preservación de la cultura. Cumple este propósito en contacto directo y permanente con el pensamiento universal y presta particular atención a los problemas regionales y nacionales. Ler Menos