Master Design para Espaços Públicos

Geral

Saiba mais sobre este programa no website da escola

Descrição do programa

O Master Design for Public Spaces é um programa de treinamento para designers de espaços públicos em cidades contemporâneas por meio de teoria, pesquisa, design e treinamento prático. Propõe-se a formação de profissionais capazes de desenvolver projetos de cenários, processos e formas de espaços abertos, lugares simbólicos em que a comunidade se reconhece.

Vivemos um momento de crescimento urbano e demográfico sem precedentes e as cidades enfrentam importantes questões sociais, econômicas e culturais. Temos diante de nós o desafio de dar forma a espaços que respondam a novas necessidades coletivas e ofereçam múltiplas oportunidades de uso. O que se exige deles é uma flexibilidade cada vez mais acentuada: uma vez que tenham perdido o caráter de lugares especializados, eles pedem para se adaptar a um número cada vez maior de atividades: exposições, eventos espetaculares, mercados, festas, eventos políticos. São lugares onde as dimensões privada e coletiva devem de alguma forma saber coexistir.

O projetista dos Espaços Públicos trabalha em áreas não construídas como praças, ruas, parques, rotatórias e outros vazios urbanos indefinidos, levando em consideração tanto o container (a forma construída) quanto o conteúdo (os usos, mesmo temporários). O desenho de espaços públicos requer uma abordagem complexa de design, capaz de combinar diferentes fatores: da configuração urbana ao seu papel na vida civil, dos processos envolvidos aos processos de uso que lá se estabelecem. O Mestrado oferece ferramentas de análise, geração de cenários e conceitos inovadores; desenvolve habilidades no gerenciamento de processos e relacionamentos com todos os atores envolvidos; lida com casos de projetos "no campo" nos quais um é confrontado com parceiros e clientes reais. A atividade de treinamento será baseada na adoção de dois métodos de observação, duas visões diferentes, embora complementares: uma dirigida à cidade temporária e outra à cidade contemporânea. Mais uma interessada em transformações de curto prazo e outra em mudanças mais profundas: ambas, no entanto, visavam colocar no centro dessas mudanças as muitas questões de uso advindas da sociedade e de seus novos atores sociais.

É um mestrado inovador, baseado na longa tradição do espaço público desenvolvido na Itália e na Europa e que se alimenta da cultura que fez de Milão uma reconhecida capital do design no mundo. A proposta de formação é também enriquecida pelas contribuições de outras excelências europeias, como a prestigiada escola ESNE, na cidade de Madrid. E usa uma faculdade internacional, que traz contribuições de todo o mundo. É uma oportunidade para melhorar habilidades profissionais específicas em um contexto acadêmico e profissional de alto nível e permite que você ganhe experiência direta de espaços urbanos, históricos e contemporâneos, cheios de planejamento, socialidade e significados simbólicos.

O Master Design para Espaços Públicos, em particular, aborda a complexidade dos interiores urbanos contemporâneos, investigando 5 áreas do projeto:

  • Interior urbano contemporâneo: design e semântica. É o escopo do projeto de espaço urbano, no sentido mais restrito, e diz respeito a todas as áreas externas e públicas: é o desenho de praças, locais de encontro e simbólicos, mas também de interstícios, espaços verdes e espaços semi-públicos. .
  • Espaço público e engajamento social: processos e ações. Esse é o contexto dos processos preparatórios para o projeto, com o objetivo de envolver as diversas partes interessadas com ferramentas e abordagens de design centradas no ser humano (ou na comunidade). É também a esfera de projetos que desenha novas formas e novas formas de relacionamento entre usuários e entre usuários e espaço.
  • Equipamentos e móveis, materiais e tecnologias. É o contexto dos aspectos materiais que constroem o espaço, mas também dos componentes tecnológicos que estruturam a interação. Tem como objetivo aprimorar os componentes perceptivos e sensoriais do espaço, com vistas à sustentabilidade ambiental e social.
  • Comunicação, identidade e território: marca da cidade e design narrativo. É o escopo do projeto que faz interface com uma escala territorial ou com a identidade e patrimônio material e imaterial dos lugares, com uma abordagem estratégica e sistêmica.
  • Eventos e cenários temporários: É o escopo do projeto de dispositivos efêmeros para a realização de atividades temporárias no espaço urbano, como eventos coletivos de comunicação, exposição, comemoração e cultura.

resultados de aprendizagem

O objetivo do Mestrado é treinar a figura profissional do designer de espaços públicos urbanos, ou seja, o designer capaz de atuar no redesenvolvimento das áreas não construídas da cidade: praças, sistemas de espaços viários, áreas intersticiais ou não resolvidas, jardins e pátios urbanos, terrenos vagos.

Os objetivos específicos da formação destinam-se a desenvolver as seguintes competências:

  • Capacidade de analisar os diferentes contextos urbanos e os elementos que influenciam e moldam os espaços coletivos, a fim de fornecer novas soluções alinhadas às necessidades sociais, culturais e econômicas contemporâneas.
  • Capacidade de equipar, tornar hospitaleiro e atraente, atribuir valor funcional e simbólico aos espaços urbanos da cidade contemporânea.
  • Capacidade de projetar equipamentos e sistemas de mobiliário, sistemas de comunicação, materiais e iluminação, fluxos e cores úteis para espaços públicos.
  • Capacidade de criar espaços urbanos temporariamente para eventos culturais ou comerciais, eventos, festas e shows.
  • Capacidade de governar estratégias de melhoria urbana e territorial, através da reconstrução e regeneração de espaços públicos.
  • Capacidade de entender a rede de atores envolvidos nos processos de transformação do espaço público e ativar estratégias apropriadas de diálogo e envolvimento.
  • Capacidade de gerenciar processos complexos, desde a concepção até o desenvolvimento de projetos inovadores.

Vagas de emprego

O programa permite que os estudantes se qualifiquem para atuar no setor privado e público, tanto como consultores freelancers quanto integrados em organizações complexas, tais como:

  • Empresas de arquitetura, engenharia, empresas de design de infraestrutura urbana.
  • Empresas que operam na produção de materiais, móveis, equipamentos destinados a espaços ao ar livre.
  • Agências que atuam no desenvolvimento de estratégias voltadas à comunicação e marketing urbanos.
  • Agências que operam no campo de aprimoramento cultural ou organização de eventos.
  • Empresas que operam na reconstrução e aprimoramento de áreas industriais terciárias e comerciais fora de uso.
  • Administrações públicas no papel de gerentes do setor de obras públicas e móveis urbanos
  • Associações e organizações sem fins lucrativos que operam internacionalmente em processos de reconstrução urbana ou em contextos em desenvolvimento.

Título emitido

No final do curso, ao passar no exame final, um mestrado universitário de primeiro nível será concedido em "Design for Public Spaces" do Politecnico di Milano. O exame final consistirá na apresentação e discussão de um trabalho desenvolvido durante o curso de mestrado. O Mestrado emite 60 créditos, equivalentes a 60 ECTS. Após a conclusão bem-sucedida da qualificação, sujeito à comunicação de acordo com os procedimentos estabelecidos pela Ordem Territorial à qual pertence e subsequente confirmação da mesma, o participante poderá obter um número de CFP igual ao estabelecido pelo Regulamento atual, mostrado abaixo para fins informativos :

  • 30 FP anuais (CNI)
  • 15 CFP por ano (CNAPPC)

ensino

O mestrado será entregue em inglês.

O Mestrado tem uma duração de um ano.

Plano educacional

Fase 1_ Cursos / Workshops _Milan (9 semanas)

Palestras e workshops abordarão a questão da criação de espaços públicos nas cidades contemporâneas. Em particular, serão explorados os seguintes: processos, ferramentas e estética para a transformação dos espaços urbanos a curto e médio prazo, para o aprimoramento da identidade urbana local e para a conexão com as comunidades locais. As oficinas abordarão temas do projeto, tais como: reutilização, reversibilidade, eventos, entretenimento, instalação, equipamentos para novas funções.

Módulos didáticos:

  • Design para interiores urbanos contemporâneos
  • Equipamentos e móveis, materiais e tecnologias
  • Espaço público e engajamento social: processos e ações
  • Eventos e configurações temporárias

Etapa 2_ Cursos / Workshops _Madrid (9 semanas)

Um período de estudo numa cidade europeia cuja tradição na concepção do espaço público tem as suas raízes numa cultura de design enraizada na história, mas também no mundo contemporâneo. Os cursos oferecidos abordarão a taxonomia de um espaço público, investigando os vários aspectos relacionados ao planejamento e gestão através de estudos de caso históricos e contemporâneos. As oficinas irão explorar casos aplicados à cidade de Madrid.

Módulos didáticos:

  • Fundamentos do espaço público
  • Novas tecnologias e espaço público
  • Semântica do Espaço Público: Branding e Design Narrativo
  • Gestão do espaço público: procedimentos e desafios

Fase 3_Joint Workshop (1 semana)

Um workshop intensivo em um site parceiro europeu, onde você pode experimentar uma abordagem para o projeto, experimentando uma experiência adicional em um contexto urbano diferente.

Fase 4_Tirocínio e Projeto Final (600 horas)

Após a conclusão dos cursos e workshops, o estágio traz os alunos em contato direto com o mundo profissional.

Será realizado em empresas e instituições dos setores público e privado por um período de 600 horas.

O projeto de tese final (FTP) envolve a reelaboração do trabalho realizado durante o estágio ou a proposta de um projeto autônomo e seu retorno através de insights teóricos e de design.

Como participar

Requisitos de admissão

O Mestrado da Universidade é reservado para candidatos com um diploma universitário ou grau de VO, grau ou Mestrado / Mestrado em Arquitetura, Design, Design de Interiores, Arquitetura de Interiores, Set Design, Belas Artes e para os candidatos com qualificações equivalentes .

O número de alunos admitidos é 20.

As seleções serão feitas em ordem cronológica com relação à data de recebimento da inscrição, até que todos os lugares disponíveis tenham sido preenchidos. A selecção será feita pela Comissão.

O mestrado é fornecido em inglês.

Procedimento de admissão

Para participar das seleções, é necessário preencher a solicitação de seleção online dentro dos seguintes prazos:

  • Cidadãos italianos / estrangeiros com uma qualificação obtida na Itália até dezembro de 2020 .
  • Cidadãos de fora da UE com uma qualificação obtida no exterior até novembro de 2020 .

custo

O custo total do curso é de € 12.500,00.

O custo do curso é dividido em:

  • Taxa de inscrição no Politecnico di Milano € 500,00 por aluno.
  • Taxa de participação para o Mestrado, igual a € 12.000,00 por aluno.

duração

O Mestrado Universitário começará em janeiro de 2021 e terminará no final de janeiro de 2022.

Última actualização Abr. 2020

Sobre a instituição de ensino

POLI.design operates in the field of design acting as an interface between universities, companies, and professional organizations, institutions, and bodies.

POLI.design operates in the field of design acting as an interface between universities, companies, and professional organizations, institutions, and bodies. Ler Menos