Keystone logo
Universidad Rey Juan Carlos T Mestrado em Empreendedores
Universidad Rey Juan Carlos T

Mestrado em Empreendedores

Madrid, Espanha

1 Years

Espanhol

Tempo total

Request application deadline

Sep 2023

Request tuition fees

No campus

* Alunos residentes: € 45,02 por crédito. Estudantes não residentes: € 84,07 por crédito

Introdução

Que conhecimento adquirirei com este Mestre?

O objetivo fundamental do programa consiste em promover a investigação científica do aluno sobre os problemas associados ao impulso empreendedor e na análise exaustiva dos fatores críticos de sucesso e fracasso decorrentes das experiências empreendedoras. A análise aprofundada do papel das instituições na promoção da criação de empresas e a procura e proposição de políticas que melhorem as condições de criação e manutenção de empresas em economia de mercado sob diferentes perspectivas, empresarial, jurídica, económica, institucional, etc.

Esta qualificação é oficial de acordo com os regulamentos exigidos pelo Espaço Europeu do Ensino Superior?

Sim (relatório de verificação final em anexo), começando no primeiro ano do ano letivo de 2010-11.

É necessário passar em um teste de acesso?

Não é necessário.

Perfil de entrada recomendado

Alunos que possuam um diploma universitário de espanhol oficial ou outro emitido por uma instituição de ensino superior da Área Europeia de Ensino Superior que autoriza no país a emitir o diploma de acesso ao ensino de mestrado.

objetivos

O objetivo fundamental do programa consiste em promover a investigação científica do aluno sobre os problemas associados ao impulso empreendedor e na análise exaustiva dos fatores críticos de sucesso e fracasso decorrentes das experiências empreendedoras. A análise aprofundada do papel das instituições na promoção da criação de empresas e a procura e proposição de políticas que melhorem as condições de criação e manutenção de empresas em economia de mercado sob diferentes perspectivas, empresarial, jurídica, económica, institucional, etc.

Portanto, os objetivos específicos do programa incluem:

Ensinar linhas de pesquisa em Empreendedorismo. Para tal, realizam-se durante o período letivo as seguintes acções de formação (36 créditos ECTS): Impacto das Tecnologias e Sistemas de Informação no Empreendedorismo, Administração para empresários, Acordos de cooperação para empresários, Gestão de operações para empresários, Instituições económicas e iniciativa empresarial na história do pensamento econômico, Processos de mercado e eficiência dinâmica das instituições.

Formação em metodologias de análise da informação em Empreendedorismo Empresarial. Metodologia de pesquisa em Empreendedorismo (comum a todas as linhas contempladas).

  • Ensine como desenvolver uma investigação na área dos Empreendedores. No período de investigação que implicará a obtenção de 24 créditos ECTS, cada aluno elaborará um trabalho de investigação autorizado sobre um dos seguintes temas, derivado de alguma das linhas de investigação para as quais foi previamente formado no período anterior.
  • “Estratégia e Organização da Criação de Empresas”.
  • “O impacto das tecnologias e sistemas de informação na criação de empresas”.
  • “Acordos de Cooperação para Empresas Empresariais”.
  • “Estratégias de desenvolvimento de negócios para empreendedores”.
  • "Pesquisa em Criação de Negócios".
  • “Atual pesquisa de tendências em gestão e continuidade da empresa familiar”.
  • “Gestão estratégica do conhecimento”.
  • “Mudança e reestruturação empresarial: localização das decisões de investimento direto no exterior”.
  • “Ferramentas para a decisão do empreendedor: risco, incerteza e multicritério”.
  • “Instituições Econômicas e empreendedorismo: influência das Instituições Econômicas nos esforços de criação e manutenção de empresas e instituições políticas que favorecem a criação de empresas”.

O programa apresentado abrange a maior parte das linhas de pesquisa atuais na área do Empreendedor. Buscando a excelência na qualidade da pesquisa, propõe a participação máxima de todos os doutores com linhas de pesquisa ativas na área e que atendam a critérios de excelência científica reconhecidos por órgãos oficiais, como o Ministério da Educação e Ciência. Também promoverá a mobilidade de docentes, incorporando seminários temáticos ministrados por professores visitantes de outras universidades que também atendam a critérios de excelência científica.

competências

As competências gerais que serão exigidas dos alunos deste curso são detalhadas a seguir. No final de cada competição, é especificado o procedimento de avaliação para cada uma delas.

Competências gerais:

  • Que o aluno adquira conhecimentos básicos e compreensão suficientes para desenvolver e aplicar ideias originais no contexto da Pesquisa. Avaliação: Leitura e apresentação de trabalhos de investigação relevantes na área, bem como propostas para o seu aperfeiçoamento. Se o conhecimento fosse muito teórico, poderia ser avaliado por meio de exames;
  • Que o aluno seja capaz de aplicar seus conhecimentos e compreensão, bem como suas habilidades para resolver problemas, em ambientes novos ou não familiares e em contextos amplos, dialogando com profissionais / pesquisadores de outras áreas como médicos, economistas, engenheiros, sociólogos, políticos cientistas, cientistas da computação, etc. Avaliação: Realização e apresentação de trabalhos em que se resolvam problemas com necessidades multidisciplinares;
  • Que o aluno seja capaz de refletir sobre as responsabilidades sociais e éticas vinculadas à aplicação de seus conhecimentos e julgamentos. Avaliação: Conclusão dos trabalhos e participação dos alunos em fóruns sobre questões sociais;
  • Que o aluno seja capaz de comunicar as suas conclusões, conhecimentos e o quadro conceptual em que se baseiam, de forma clara e sem ambiguidades, tanto para públicos especialistas como não especializados. Avaliação: Exposição de trabalhos e participação em fóruns;
  • Que o aluno desenvolva habilidades de aprendizagem que lhe permitam continuar seu treinamento. Avaliação: Leitura e realização de trabalhos inovadores que incluam novos temas.

Competências gerais do mestrado:

No âmbito da competência geral 1, o aluno é capaz de desenvolver e aplicar ideias originais na área do empreendedorismo, utilizando ferramentas e modelos de análise de dados. Avaliação: Leitura e apresentação pública de trabalhos de investigação na área do empreendedorismo, bem como de propostas inovadoras para a sua aplicação a problemas reais. Se as ideias a serem desenvolvidas fossem de natureza fortemente teórica, a avaliação poderia ser realizada através de exames;

No âmbito da competência geral 2, que o aluno seja capaz de liderar equipas multidisciplinares no sentido de enfrentar e resolver problemas de tomada de decisão no domínio do empreendedorismo. Avaliação: Realização e exposição de trabalhos em que se resolvam problemas de empreendedorismo envolvendo todo o tipo de ambientes profissionais e de investigação;

No contexto da competência geral 3, que o aluno adquira a capacidade de integrar conhecimentos, enfrentar a complexidade, bem como formular julgamentos com base em informações incertas através de ferramentas de análise de dados, tudo baseado em funções socialmente úteis responsáveis. Avaliação: Realização de trabalhos em que o aluno utilize de forma ética e socialmente responsável ferramentas específicas para o problema do empreendedor;

No contexto da competência geral 4, o aluno é capaz de justificar plenamente as alternativas / decisões que devem ser tomadas para todos os tipos de públicos. Avaliação: Exposição de trabalhos e participação em fóruns.

No âmbito da competência geral 5, que o aluno seja capaz de dar continuidade à sua formação na área do empreendedorismo, através da gestão de publicações de referência. Avaliação: Leitura e realização de trabalhos inovadores que incluam temas novos ou não abordados no Mestrado, mas de interesse do aluno.

As competências gerais desenvolvidas garantem a aquisição das competências básicas indicadas no Real Decreto 1393/2007. Especificamente, os poderes do Decreto Real listados abaixo são cobertos pelos poderes gerais deste Mestre, conforme indicado no final de cada habilidade básica:

  • Que os alunos saibam aplicar os conhecimentos adquiridos e a sua capacidade de resolução de problemas em ambientes novos ou pouco conhecidos em contextos mais amplos ou multidisciplinares relacionados com a sua área de estudo: isto é garantido pelas competências gerais 1, 2 e 3;
  • Que os alunos sejam capazes de integrar conhecimentos e enfrentar a complexidade de formular juízos com base em informações que, sendo incompletas ou limitadas, incluem reflexões sobre as responsabilidades sociais e éticas vinculadas à aplicação dos seus conhecimentos e juízos: isso é garantido pelas competências gerais 2 , 3 e 4;
  • Que os alunos saibam comunicar as suas conclusões a públicos especializados e não especializados de forma clara e inequívoca, bem como os conhecimentos e razões últimas que os sustentam: é garantido pelas competências gerais 3 e 4;
  • Que os alunos possuam as competências de aprendizagem que lhes permitam continuar a estudar de forma autodirigida ou autónoma: isto é garantido pela competência geral 5.

O programa de formação do Mestrado em Empreendedorismo irá facilitar que os alunos adquiram as seguintes competências específicas:

  • Conhecimento avançado dos fatores de negócio que promovem a vocação empreendedora.
  • Conhecimento avançado dos fatores institucionais que promovem a vocação empreendedora.
  • Conhecimento avançado dos fatores empresariais que inibem a vocação empreendedora.
  • Conhecimento avançado dos fatores institucionais que inibem a vocação empreendedora.
  • Conhecimento das metodologias que permitem a realização de pesquisas na área do empreendedorismo.
  • Conhecimento das tecnologias de informação e comunicação que permitem a realização de pesquisas na área do empreendedorismo.
  • Conhecimento claro e prático de como um estudo é elaborado para permitir testar uma hipótese no campo econômico e mais especificamente no campo dos empresários.
  • Competência técnica e científica que garanta a obtenção de resultados precisos e reproduzíveis, dos quais se possam tirar conclusões válidas na área do empreendedorismo.
  • Demonstrar boa capacidade de acesso a bases de dados por meio de pesquisas eletrônicas que contenham literatura científica e técnica de qualidade na área do meio econômico e mais especificamente relacionada à criação de empresas.
  • Capacidade de identificar uma questão ou hipótese significativa sobre um tópico ou problema e formular os objetivos, desenho e monitoramento de um projeto para abordar sua solução.
  • Demonstrar boas habilidades de comunicação oral e escrita para apresentar efetivamente os resultados da pesquisa para avaliação crítica por pares ou revisores na área econômica.
  • Demonstrar boa capacidade de divulgação científica perante um público não especializado, prestando especial atenção às implicações sociais dos avanços científicos.
  • Demonstrar uma boa compreensão dos aspectos éticos da prática profissional.
  • Realizar uma dissertação de mestrado com base num projeto de investigação realizado pelo aluno sob a orientação de um tutor, no qual deverá demonstrar que adquiriu as doze competências específicas acima descritas. A dissertação final de mestrado estará refletida em um documento escrito, uma apresentação sintética de quinze minutos aos demais alunos e à comissão de qualidade do grau de mestre, que caberá a ele decidir se o trabalho é adequado ou não.

Adicionalmente, o programa de formação do Mestrado para Empreendedores, irá promover o desenvolvimento e consolidação de competências genéricas “transversais” , a um nível superior ao da licenciatura, importantes para a futura actividade profissional dos Licenciados, entre as quais se destacam as seguintes :

  • Compreensão do valor e limites do método científico.
  • Habilidades de raciocínio crítico e autocrítico.
  • Capacidade de analisar e sintetizar informações de negócios.
  • Capacidade de aplicar o conhecimento à prática empresarial.
  • Capacidade de resolver problemas econômicos complexos.
  • Capacidade de gerar novas ideias (criatividade).
  • Iniciativa e espírito empreendedor.
  • Capacidade de autoavaliação e reconhecimento da necessidade de aprimoramento pessoal contínuo.
  • Capacidade de atualizar o conhecimento econômico de forma autônoma.
  • Capacidade de trabalhar em equipes multidisciplinares.
  • Capacidade de pesquisar, analisar e gerenciar informações econômicas, incluindo a capacidade de interpretar e avaliar.
  • Habilidade no manuseio de ferramentas básicas de informática.
  • Compromisso ético
  • Comunicação oral e escrita em espanhol e inglês.

Sobre a Escola

Perguntas