Keystone logo
Universidad Rey Juan Carlos T Mestrado Em Gestão De Turismo Internacional
Universidad Rey Juan Carlos T

Mestrado Em Gestão De Turismo Internacional

Madrid, Espanha

1 Years

Inglês

Tempo total

Request application deadline

Sep 2023

EUR 45 / per credit *

No campus

* estudantes residentes, por crédito, preço; 84,07 €: estudantes não residentes, por crédito, preço

Introdução

O que aprenderei estudando este mestre?

Alunos com um diploma universitário espanhol ou outro diploma emitido por uma instituição da Área Europeia de Ensino Superior que permite ao país, emissor do diploma, estudar um mestrado.

Objetivos

O mestrado é composto por 60 créditos e é desenvolvido em um ano acadêmico. Os cursos, que são compostos pelos primeiros 24 créditos (fundamentos), são obrigatórios. A especialidade é composta por 18 créditos eletivos. A dissertação de mestrado e os estágios podem ser realizados ao longo do ano. O planejamento do professor será explicado mais adiante.

Os estudantes devem escolher entre um dos dois cursos eletivos (curso 2 ou curso 3)

Cada um dos cursos da especialidade é composto pelos itinerários oferecidos: Gerenciamento de Empresas de Turismo e Planejamento de Destinos Turísticos. O último curso inclui o curso da UNESCO, que integra tópicos e seminários multidisciplinares e em todas as disciplinas, cujo objetivo é o 'Gerenciamento de Turismo de Locais do Patrimônio Humano'. O curso da UNESCO faz parte da Rede de Universidades UNITWIN e das Palestras da UNESCO sobre 'Turismo, Cultura e Desenvolvimento'.

O curso 'Casos de estudo sobre os locais e cidades do patrimônio humano' é composto de vários seminários sobre gerenciamento, interpretação, marketing e anúncios dos locais e cidades do patrimônio humano, que complementam o restante dos cursos pertencentes ao módulo 3 .

Habilidades

Competências Básicas

  • CB6 - Ter e entender diferentes tipos de conhecimento que constroem os fundamentos e dão a oportunidade de serem originais no que diz respeito ao desenvolvimento e / ou uso de idéias em um ambiente de pesquisa.
  • CB7 - Que nossos alunos possam usar diferentes tipos de conhecimentos e habilidades para resolver problemas em ambientes novos ou incomuns nos contextos mais amplos (ou multidisciplinares) relacionados a este campo de estudo.
  • CB8 - Que os alunos sejam capazes de integrar os diferentes tipos de conhecimento e lidar com a complexidade da formulação de juízes a partir de uma informação que pode ser completa ou incompleta, mas que inclui reflexões sobre as responsabilidades sociais e éticas relacionadas ao uso do conhecimento e juízes.
  • CB9 - Que os alunos possam comunicar suas conclusões, conhecimentos e últimas razões fornecidas ao público especializado e não especializado de forma clara e sem ambiguidades.
  • CB10 - Que os alunos adquiram habilidades de aprendizagem que lhes permitam continuar estudando, seguindo um método autônomo ou autodirigido.

Competências Gerais

  • CG01 - Adquirir treinamento avançado especializado e multidisciplinar no campo do turismo.
  • CG02 - Capacidade de trabalhar de forma autônoma ou em grupo, em um contexto multicultural ou multidisciplinar.
  • CG03 - Familiarizar-se com a exigência de um trabalho acadêmico adequado para publicação em meios científicos, incentivando a capacidade para o trabalho e o pensamento interdisciplinar.
  • CG04 - Capacidade de usar o conhecimento adquirido e o método de solução de problemas em ambientes novos, mais amplos e multidisciplinares.
  • CG05 - Possuir habilidades de aprendizado para aprendizado contínuo, autodirigido e autônomo.
  • CG06 - Capacidade de desenvolver habilidades de comunicação em diferentes processos de tomada de decisão e diferentes idiomas.
  • CG07 - Capacidade de explicar e argumentar resultados perante o público especializado e o público em geral.
  • CG08 - Capacidade de ter um acordo ético e responsabilidade social no campo do turismo.
  • CG09 - Capacidade de usar os ITCs como ferramentas de comunicação, acesso às fontes de informação, arquivos de dados e documentos.
  • CG10 - Ser capaz de definir as prioridades para atingir os objetivos, estabelecendo prazos e recursos necessários e controlando os processos estabelecidos.
  • CG11 - Capacidade de organizar as informações e adquirir conhecimento de diferentes fontes documentais.
  • CG12 - Capacidade de analisar a sociedade e tomar decisões em ambientes variáveis, como o turismo.
  • CG13 - Incentivar os profissionais do turismo a reciclagem acadêmica.
  • CG14 - Promover a pesquisa e os conceitos de crescimento no campo do turismo.

Cursos Transversais

  • CT01 - Adaptação a novas situações
  • CT02 - Aprendizagem autônoma
  • CT03 - Capacidade de síntese e análise
  • CT04 - Capacidade de gerenciamento de informações
  • CT05 - Capacidade de organização e planejamento
  • CT06 - Acordo de ética
  • CT07 - Comunicação oral e escrita em língua estrangeira
  • CT08 - Conhecimento de outras culturas e tradições
  • CT09 - Conhecimento de uma língua estrangeira
  • CT10 - Conhecimento em informática relacionado à área de estudo
  • CT11 - Criatividade
  • CT12 - Habilidades interpessoais
  • CT13 - Iniciativa e espírito empreendedor
  • CT14 - Liderança
  • CT15 - Motivação para a qualidade
  • CT16 - Raciocínio Crítico
  • CT17 - Diversidade e reconhecimento multicultural
  • CT18 - Resolução de problemas
  • CT19 - Sensibilização para temas ambientais
  • CT20 - Tomada de decisão
  • CT21 - Trabalho em equipe
  • CT22 - Trabalho em contexto internacional
  • CT23 - Trabalho em equipe de forma interdisciplinar

Competências específicas

  • CE01 - Saber analisar a relação entre agentes de destino turístico por meio da análise de redes sociais.
  • CE02 - Interpretar as informações internas do negócio e usá-las eficientemente na tomada de decisões.
  • CE03 - Estudar em profundidade as organizações internacionais, instituições públicas e organizações da sociedade social do turismo e os instrumentos de cooperação e a parceria de um mundo globalizado.
  • CE04 - Analisar e comparar a estrutura nacional e internacional que rege as atividades de turismo e planejamento, bem como o zoneamento, com o objetivo de estabelecer estratégias de intervenção para agentes que participam internacionalmente.
  • CE05 - Usar os fundamentos da gestão da inovação, a eficácia e a competitividade para gerenciar organizações de turismo (organizações públicas e privadas).
  • CE06 - Saber administrar as áreas competentes de todas as áreas funcionais de uma organização de turismo.
  • CE07 - Utilizar técnicas especializadas de gestão econômico-financeira em organizações de turismo.
  • CE08 - Estabelecer sistemas de gestão e controle em organizações de turismo.
  • CE09 - Analisar, sob o ponto de vista crítico, a atividade turística e seu ambiente internacional para detectar perigos e aproveitar as principais oportunidades.
  • CE10 - Conhecer os instrumentos de planejamento e zoneamento, bem como os mecanismos que regulam as atividades turísticas e desenvolver a proposta de zoneamento e planejar um determinado destino.
  • CE11 - Compreender a complexidade da estrutura de destinos turísticos do ponto de vista sistemático.
  • CE12 - Definir e desenvolver um plano estratégico no campo do turismo relacionado a um destino.
  • CE13 - Conhecer e usar instrumentos de gestão e produtos sustentáveis de destinos.
  • CE14 - Conhecer e utilizar sistemas de qualidade e gestão ambiental, econômica e social relacionados ao turismo no âmbito do desenvolvimento sustentável do turismo.
  • CE15 - Saber analisar as novas tendências, previsões e dinâmicas dos mercados internacionais de turismo.
  • CE16 - Ser capaz de criar novos produtos turísticos, bem como estratégias de transmissão e criação, a partir de recursos turísticos e um grupo de demanda predefinida.
  • CE17 - Conceber um processo completo para o lançamento de produtos turísticos e a realização de novos projetos de negócios e serviços.
  • CE18 - Adaptar uma estratégia comercial de acordo com as características de cada ambiente de negócios turísticos.
  • CE19 - Conhecer vários sistemas de custos a serem utilizados no controle gerencial e na tomada de decisões estratégicas.
  • CE20 - Simular os efeitos de rentabilidade da tomada de decisão sobre produtos e preços em empresas de turismo.
  • CE21 - Conhecer a relação entre a formulação do orçamento e o planejamento de negócios.
  • CE22 - Interpretar os indicadores fornecidos no scorecard do turismo.
  • CE23 - Fazer previsões de demonstrações financeiras na OOTT.
  • CE24 - Traduzir a teoria para a prática e adaptar os conceitos gerais de orçamento e a configuração específica da OOTT.
  • CE25 - Conhecer em profundidade o modelo USALI como ferramenta para melhorar a gestão do departamento hoteleiro
  • CE26 - Utilizar de maneira otimizada as novas tecnologias de informação e comunicação no comércio turístico.
  • CE27 - Saber gerenciar as novas estratégias avançadas de marketing: neuromarketing emocional e experimental de marketing.
  • CE28 - Integrar e usar o conhecimento adquirido para tomar as melhores decisões em negócios internacionais.
  • CE29 - Utilizar tecnologias da informação e comunicação no campo internacional: redes sociais e gerenciamento de reputação online.
  • CE30 - Conhecer as práticas e processos de operação desenvolvidos nos negócios de turismo por meio de práticas profissionais.
  • CE31 - Conhecer técnicas de trabalho que permitam analisar e colocar a atividade profissional do turismo em um contexto estratégico e competente, ou seja, adquirir a capacidade de implementar ferramentas de gestão apropriadas para o ambiente de negócios.
  • CE32 - Ser qualificado para projetar, conceber e, eventualmente, implementar projetos complexos de turismo, utilizando a metodologia mais adequada.
  • CE33 - Realizar pesquisas bibliográficas e análises bibliométricas das principais bases de dados de livros, com o objetivo de analisar e relacionar informações extraídas de registros ou pesquisas de dissertações de mestrado.
  • CE34 - Planejar o desenvolvimento da pesquisa de trabalho, fazer as hipóteses ou questões de pesquisa, implementar o campo de trabalho e sugerir conclusões sobre a hipótese ou questões anteriores, bem como arquivar e defender os resultados obtidos no campo do turismo, de acordo com a estrutura da pesquisa científica.
  • CE35 - Realizar exposições orais de acordo com a metodologia acordada nas principais conferências internacionais de turismo, bem como o desenvolvimento de relatórios de pesquisa de acordo com as regras de estilo (APA, Harvard, etc) que permitem que outras pessoas ou organizações consultem os números futuros sobre a pesquisa de turismo.
  • CE36 - Elaborar planos de fidelização de clientes em empresas multinacionais de turismo.
  • CE38 - Elaborar planos de marketing e comunicação no campo internacional.

passport, map, world
Pamjpat / pixabay

Acesso e Inscrição

Requisitos gerais de entrada

O perfil do aluno é aquele que possui um diploma universitário e está interessado em pesquisa aplicada e gestão no campo do turismo.

Os candidatos mais adequados para o estudo do Mestrado em Gestão Internacional de Turismo serão os candidatos titulares de um Bacharelado em Turismo ou titulares de outro campo, como ciências econômicas, ciências jurídicas, ciências sociais e ciências humanas.

Serão considerados os seguintes méritos:

  • Registro Acadêmico (50%)
  • Conhecimento de inglês (nível mínimo B2) (20%)
  • Experiência profissional em turismo (20%)
  • Treinamento especializado em turismo (10%)

Termos e Condições ou exames especiais

  • É necessário um nível B2 de inglês

Se necessário, será avaliado o currículo do aluno, levando em consideração sua experiência profissional, seus interesses de acordo com os objetivos do mestre e seu histórico acadêmico.

Assentos oferecidos: 35 lugares. Se o curso não atingir o número mínimo de alunos, a Universidade pode optar por não abrir o grupo de ensino.

Itinerário de ensino

Módulo I: Fundações (Obrigatórias)

  • Economia Internacional do Turismo: Impactos e Modelos.
  • Métodos de Pesquisa em Turismo
  • Ambiente Jurídico na Indústria do Turismo
  • Contabilidade gerencial: planejamento e controle
  • Tecnologia da Informação e Sistemas
  • Habilidades de Liderança e Gerenciamento
  • Sustentabilidade Ambiental na Indústria do Turismo
  • Métodos Quantitativos para Tomada de Decisão no Turismo

Módulo II: Gerenciamento Internacional de Marketing (Eletivo) *

  • Gestão Internacional de Marketing
  • Consultoria Internacional em Turismo e Hotelaria
  • Gestão Estratégica na Indústria do Turismo
  • Empreendedorismo no Turismo: O Plano de Negócios
  • Fundamentos da Gestão de Receita

Módulo III: Gerenciamento de destinos turísticos (módulo UNESCO incluído) (eletivo) *

  • Gestão do Patrimônio Cultural
  • Rotas Históricas e Itinerários Culturais
  • Turismo Sustentável em Áreas Naturais Protegidas
  • Gestão do Destino do Turismo
  • Estudos de caso de locais do patrimônio mundial da UNESCO (diferentes seminários)

Módulo IV: Projeto Final de Mestrado

  • Estágio
  • Projeto Final de Mestrado

* Quando você concluir o processo de inscrição neste mestre, deverá selecionar entre os assuntos do módulo II ou III (de um lado ou de outro). Isso se deve ao desdobramento do mestre nesses dois itinerários.

Estágio

A disciplina Estágios é uma disciplina curricular cujo objetivo fundamental é incentivar a formação abrangente do aluno através da aplicação prática dos conhecimentos adquiridos no curso, o que facilita o contato direto com a atividade profissional e oferece a oportunidade de os alunos se incorporarem na mundo profissional com um nível mínimo de experiência. Todos os estágios são projetados para que os alunos que participam deles adquiram experiência profissional em situações e condições reais, aplicando os conhecimentos, habilidades e atitudes adquiridas no processo educacional durante o curso. Esses estágios são uma oportunidade importante para o desenvolvimento pessoal e profissional dos alunos.

Os estágios são atividades que o aluno realiza em empresas, instituições e organizações; isto é, em centros externos à universidade, e que têm como objetivo enriquecer e complementar seus estudos universitários, além de oferecer conhecimentos mais profundos relacionados às habilidades necessárias quando se formarem.

A disciplina de estágio tem duas fases:

  • Primeiro, realizar o estágio, que oferece experiência profissional relacionada ao perfil da pós-graduação e que é mostrado no Relatório de Verificação da graduação.
  • Segundo, preparação do relatório.

Sobre a Escola

Perguntas